Das quadras para a vida: os jovens atletas do vôlei que contam com o apoio Árbore – Árbore Engenharia

Das quadras para a vida: os jovens atletas do vôlei que contam com o apoio Árbore

Publicado em: 10/06/21


Jovens ganham oportunidade para treinar e fazer curso superior

 

O que poderia ser apenas mais uma equipe de atletas, se tornou inspiração. Jovens que saíram de suas cidades, de vários estados brasileiros, encontraram em Itatiba no interior de São Paulo uma nova motivação para treinar, estudar e trilhar um novo futuro. São os atletas do Viva Vôlei Itatiba E.C.

 

A equipe é formada por 19 jovens, entre 17 e 20 anos de idade, que adotaram Itatiba como moradia e novas oportunidades. Eles ficam em um alojamento na cidade, uma casa preparada com toda a infraestrutura necessária para que eles possam morar, treinar e estudar. Estudam à noite e durante o dia, treinam vôlei no Itatiba Esporte Clube. O esporte é levado a sério. O coordenador pedagógico e esportivo, Helder Godoi, diz que vai além de um time. “O Viva Vôlei I.E.C é mais do que um time, somos uma família que serve de inspiração para crianças e adolescentes e é esse o legado que queremos passar, dedicação dentro e fora das quadras, não apenas com treinos e esporte, mas também com solidariedade”, explica. O time ainda conta com o preparo da técnica de quadra, Alessandra Valverde.

 

Apoio de empresas

 

Na onda de solidariedade e como empresa amiga do esporte, a Árbore Engenharia “entrou” para esse time, por meio de apoio e patrocínio desde 2019.

 

“A Árbore está muito bem integrada nas cidades onde atua, tanto em iniciativas comunitárias, sociais e esportivas. Para nós, ver a evolução de vida e no esporte desses atletas, nos torna parte deste processo e é extremamente gratificante”, comentou Hugo Reichenbach, Head de Novos Negócios da Árbore Engenharia.

 

Os resultados já começaram a aparecer. Elyas Ferreira tem 20 anos e veio de Varginha-MG. Além de ter participado de muitas vitórias com o time, comemora a evolução nos estudos. Hoje, bolsista pelo time, cursa o penúltimo ano de Administração de Empresas na USF, em Itatiba, e acredita que o esporte mudou sua vida. “Nossa equipe tem uma excelente estrutura, além de um técnico que além de tudo é pai, amigo. O Viva Vôlei é uma família pra gente e em breve, vou encerrar minha participação no projeto formado em um curso superior, realizado no esporte, coisa que eu não conseguiria fora daqui”, comentou.

 

O time teve seu início em 2019 na cidade, ano em que foi campeão dos Jogos Abertos de SP, para o desenvolvimento de uma equipe de alto rendimento de voleibol, na categoria Sub 20. Hoje conta com os títulos de campeão Associação Pro Vôlei (APV) adulto e vice-campeão da Associação Pro Vôlei (APV) sub 20.

 

Para seguir no time, cada atleta deve se dedicar 100% aos treinamentos e jogos, e o comportamento dentro e fora da quadra, é levado a sério. Entre eles, essa rotina é bem-vinda. “Esse time é a base de tudo pra mim, porque aqui eu descobri que eu poderia ser muito mais, uma pessoa muito melhor, conciliando os estudos com o vôlei, duas coisas que amo fazer”, explicou Murilo Mendes, de 19 anos, que veio de Erechim-RS.

 

Os finais de semana são reservados para amistosos, jogos das competições a serem disputadas e ações solidárias, que o time realiza com frequência. Para o futuro, cada um guarda seu sonho, e até lá, é visível que já alcançaram grandes vitórias. É o sentimento comum entre eles, como o de Ruan Moares Dias, de 17 anos, que veio de Moju no Pará. “Essa é a porta de entrada para muitas oportunidades importantes pra gente, no esporte e na vida. Estou muito feliz”, afirmou.

Escreva sua resposta

Seu e-mail não será publicado.

*
*